A carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

Laboratórios de Inovação

28 28+00:00 Junho, 2022 @ 8:00 - 17:00

Laboratórios de inovação (CREA-CROSS-2022-INNOVLAB)

newsletter
financiamento

DATA DE
ABERTURA

01-03-2022

DATA LIMITE
DE SUBMISSÃO

07-09-2022

IDIOMA DA
CANDIDATURA

Inglês

VALOR MÁXIMO
ELEGÍVEL

Sem limite

PERCENTAGEM DE
FINANCIAMENTO

60%

PRECISA DE AJUDA?

QUEM?

Para serem elegíveis, os requerentes (beneficiários e entidades afiliadas) devem:

  • Ser entidade jurídica (entidades públicas ou privadas)
  • Estar sediado num dos países elegíveis, ou seja:
    • Países participantes da Europa Criativa:
      • Estados-Membros da UE (incluindo países e territórios ultramarinos)
      • Países terceiros:
        • Países e países do EEA listados associados ao Programa Europa Criativa ou países que estão em negociações para um acordo de associação e em que o acordo entra em vigor antes da assinatura da concessão (lista dos países participantes).
      • Estar estabelecido num dos países que participam plenamente na vertente MEDIA do Programa Europa Criativa e que detém direta ou indiretamente, total ou por maioria, participação de nacionais desses países. Quando uma empresa está cotada publicamente, a localização da bolsa determinará, em princípio, a sua nacionalidade.

 

Composição do consórcio:

  • As propostas devem ser apresentadas por um consórcio de pelo menos 3 candidatos (beneficiários; entidades não afiliadas), que cumpram as seguintes condições:
    • Mínimo de 2 entidades de 2 países diferentes que participam no Programa Europa Criativa;
    • O consórcio deve apresentar uma gama diversificada de conhecimentos especializados em vários setores culturais e criativos, incluindo audiovisuais.

O QUÊ?

Objetivo

Promover a cooperação política e ações inovadoras, apoiar todas as vertentes do programa, promovendo um ambiente diversificado, independente e pluralista dos meios de comunicação social e literacia mediática, disseminando assim a liberdade ou a arte de expressão, diálogo intercultural e inclusão social, as prioridades da vertente intersetorial devem incluir:

  • incentivar abordagens inovadoras para a criação, acesso, distribuição e promoção de conteúdos em sectores culturais e criativos e noutros sectores, nomeadamente tendo em conta a transição digital, abrangendo as dimensões do mercado.

Temas e prioridades (âmbito)

O Creative Innovation Lab incentiva os atores de diferentes sectores culturais e criativos a conceberem e testarem soluções digitais inovadoras com potencial de impacto positivo a longo prazo em múltiplos sectores.

O Laboratório facilitará a criação de soluções inovadoras (por exemplo, ferramentas, modelos e metodologias) que possam aplicar-se ao sector audiovisual e, pelo menos, a outro sector criativo e/ou cultural.

As soluções devem ser facilmente replicáveis e terem um potencial de penetração no mercado. Para efeitos de clareza, o projeto não tem necessariamente de ser aplicável imediatamente ao sector audiovisual, mas que possa ser facilmente replicado neste sector.

Para efeitos desta call, este ano, para além de objetivos e atividades recorrentes, está também a ser adotada uma abordagem temática onde os dois temas chave são o “greening”, bem como ferramentas de educação inovadoras para abordar temas relevantes da sociedade, como a desinformação. O objetivo é fomentar o pensamento ao nível do ciclo de vida e promover um ambiente e modo de vida mais sustentável e, inclusivo.

O Creative Innovation Lab reunirá atores de diferentes setores culturais e criativos para conceber e testar soluções inovadoras (por exemplo, ferramentas, modelos e metodologias) para uma economia circular. Estas soluções têm de combinar sustentabilidade com inclusão e estética, ser replicáveis em diferentes sectores e ter um potencial para mudanças comportamentais sociais.

Resultados esperados

  • Melhorar a competitividade dos setores audiovisuais europeus e outros setores culturais e criativos através da colaboração transversal;
  • Melhorar o processo de descarbonização dos setores audiovisuais europeus e outros setores culturais e criativos através da colaboração transversal;
  • Aumentar a transferência de conhecimento entre diferentes setores das indústrias criativas;
  • Aumentar a visibilidade, disponibilidade e diversidade de conteúdos europeus na era digital;
  • Melhorar os modelos de negócio e a utilização de dados;
  • Aumentar o público potencial dos conteúdos europeus na era digital.

Elegibilidade

Atividades elegíveis

Conceção, desenvolvimento e teste de ferramentas, modelos e soluções inovadoras aplicáveis nos sectores audiovisuais e outros sectores culturais e criativos. As atividades devem ter por objetivo apoiar a competitividade, o processo de ecologismo, a cooperação, a circulação, a visibilidade, disponibilidade, diversidade e/ou público em todos os setores.

Tais atividades devem conter um elevado potencial de replicabilidade em sectores audiovisuais e outros sectores culturais e criativos. No que diz respeito à Nova Bauhaus Europeia, o Creative Innovation Lab reunirá atores de diferentes setores culturais e criativos para conceber e testar soluções inovadoras (por exemplo, ferramentas, modelos e metodologias) para a criação de lugares esteticamente atraentes, sustentáveis e inclusivos, produtos e formas de vida, incluindo o pensamento de economia circular. Estas soluções terão de combinar sustentabilidade com inclusão e estética, ser replicáveis em diferentes setores e ter o potencial de mudanças comportamentais sociais.

São convidadas a participar um vasto leque de organizações, incluindo entidades privadas e públicas, empresas tecnológicas e start-ups, organizações audiovisuais, culturais e criativas. A participação de incubadoras e aceleradores empresariais devem ser encorajadas, a fim de proporcionar espaço e tempo para a formação de ideias criativas.

Os projetos podem incidir, nomeadamente:

  • Gestão e rentabilização dos direitos, garantindo simultaneamente a transparência e remuneração justa para criadores e artistas;
  • Recolha e análise de dados, com especial ênfase na previsão para a criação de conteúdos e desenvolvimento de audiências;
  • A descarbonização da cadeia de valor nos sectores criativo e cultural e a promoção da inovação intersectorial para a sustentabilidade, inclusão e bem-estar entre os sectores audiovisuais e outros sectores culturais e criativos, incluindo ações que contribuam para a iniciativa da Nova Bauhaus Europeia;
  • Ferramentas e conteúdos educativos inovadores que utilizam a criatividade e setores criativos para abordar questões sociais como desinformação, fake news, etc.

Financiamento

Ver ponto 10. do quadro legal e financeiro dos Acordos da Subvenção do Creative Innovation Lab (CREA-CROSS-2022-INNOVLAB)

Documentos e
Formulários

Clique aqui

PRECISA DE AJUDA?

Detalhes

Data:
28 28+00:00 Junho, 2022
Hora:
8:00 - 17:00
Categorias de Evento:
, ,
Etiquetas de Evento:
,